HÁ 50 ANOS – Acontecimentos de Ago 63

02/08/63 – Morre em Estocolmo o jornalista Paulo Bittencourt, diretor-presidente do “Correio da Manhã”.

                     “Business Week” diz em reportagem sobre o Brasil que “João Goulart abandona a luta contra a inflação”.

05/08/63 – Generais Rodigues Galhardo e Justino Alves Bastos nomeados para o III e IV Exércitos, respectivamente.

                     Em discurso violento, Pedro Aleixo, acusa o Governo Federal de corrupção, gerando grande polêmica no Congresso Nacional.

07/08/63 – “Comício contra a carestia” gera tumultos e leva Leopoldina e Central do Brasil à greve.

 22 - Ago 01

                     Projeto Milton Campos para a reforma agrária é vetado na Câmara Federal, após acordo entre os líderes da maioria e da minoria.

                     Crise interna no PSD por denúncias de que “ministros pessedistas não cumprem compromisso partidário”.

09/08/63 – Em debate na CPI da Câmara sobre “Pressões sindicais e militares ao Congresso”, Carlos Lacerda dá sua versão sobre origens e rumos da subversão no País.

11/08/63 – Governo promete usar Exército se persistir o lock-out do leite, no Rio, e inicia a “Operação Leite”.

                     Líder das Ligas Camponesas de també, Paulo Roberto Pinto, morre em conflito durante a invasão do engenho Oriente.

15/08/63 – Em Belém, o Presidente do Clube Militar, Marechal Augusto Magessi, afirma: “militares verdadeiramente patriotas não precisam proclamarem-se nacionalista”.

20/08/63 – Em pronunciamento em São Bernardo do Campo o presidente João Goular afirma que “ninguem impedirá as reformas que já amadurecem no coração do povo”.

 23 - Ago 02

21/08/63 – Secretaria de Segurança Pública, no Recife, é invadida por 25 camponeses armados na tentativa de libertar o líder José Mariano, preso durante ataque ao engenho da Marta quando fora morto o administrador Raimundo Luz.

24/08/63 – Em homenagem pública pela passagem de mais um aniversário da morte de Vargas, João Goulart insiste no programa de reformas de base.

                     João Goulart lança pedra fundamental do Instituto de Energia Nuclear, na Ilha do Fundão.

25/08/63 – O Presidente Goulart condecora 190 pessoas com a “Ordem do Mério Militar” durante comemorações do “Dia do Soldado”.

26/08/63 – Enfermeiros e empregados em hospitais deflagram greve em todos os hospitais da baixada santista.

 24 - Ago 03

27/08/63 – O deputado Leonel Brizola admitiu, falando no fórum sindical em Duque de Caxias, a possibilidade de um golpe contra o regime, ao afirmar que as esquerdas estão alertas e preparadas para rechaçar qualquer tentativa golpista.

 25 - Ago 04

28/08/63 – Comício de protesto contra aumento de 30% nas passagens de ônibus, em Brasília, deixa 1 morto e 31 feridos.

 26 - Ago 05

29/08/63 – Nota oficial do Ministro da Guerra, general Jair Dantas Ribeiro, alerta militares “sobre o prejuizo da má interpretação do conceito de “solidariedade de classe”, referindo-se ao movimento político dos sargentos.


Sede Central
Av. Rio Branco 251 - Centro
Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 3125-8383
Sede Lagoa
Rua Jardim Botânico 391 - Jrd. Botânico
Rio de Janeiro/RJ - Tel.: (21) 2197-8888
Sede Cabo Frio
Av. dos Astros 291 - Praia do Foguete
Cabo Frio/RJ - Tel.: (22) 2643-3537

Slider by webdesign